segunda-feira, 23 de março de 2009

O preço do conhecimento (2)


Certa feita, em sala de aula no seminário, levantamos a questão do “conhecimento” versus “ignorância”. Em um momento de nossos calorosos debates, nosso professor usou uma expressão meio pesada para se dirigir aos néscios e ignorantes na fé, chamando-os de “idiotas na fé”. Sei que soou mal, mas no decorrer de nossos embates, quase todos concordaram com o professor que um dia nós fomos assim, em tempos que não tínhamos nenhum conhecimento e éramos levados pelas emoções sempre muito bem trabalhadas pelos tele-evangelistas e pregadores midiáticos.
Depois de dar a mão à palmatória ao nosso professor, começamos a discorrer o que poderíamos conceituar de “idiotas na fé”.

Vejamos primeiro o conceito de “idiota” conforme o dicionário: Falto de inteligência; parvo; estúpido; ignorante.
Dado o conceito, vejamos agora as características que fizeram com que recebessem esse rótulo tão pejorativo:

- Tratam a fé somente para se conquistar as benesses de Deus, sempre em busca de milagres.
- Ainda não têm claro em sua mente os conceitos de Igreja e Reino de Deus.
- Tratam o dízimo como uma barganha com Deus. Esquecem que o dízimo neotestamentário é voluntário e que o parâmetro dos 10% é o mínimo que deveríamos dar.
- Repetem tudo o que o pregador manda dizer ao irmão do lado.
- Se sentem super-ungidos quando recebem o dom de línguas e se acham superiores aos que ainda não possuem.
- Tratam o pecado numa escala de hierarquia como se existissem pecadinhos e pecadões.
- Tratam a igreja (instituição) como os universais (católicos), onde fora dela não tem salvação.
- etc.

Enfim, temos que reconhecer, éramos idiotas e não sabíamos.

Pena que alguns ainda continuam a ser, mesmo depois de largo período na igreja.

3 comentários:

José Junior disse...

Também tivemos essa aula...rsrs..O professor de filosofia perguntava-nos sobre os mais diversos assuntos e cada vez que não sabíamos a resposta ele repetia com entusiasmo o adjetivo.."Ignorantes"... Foi mesmo uma aula desagradável..Mas que fazia-nos pensar e buscar saber mais sobre as coisas de Deus... Após essa aula ficou gravado em minha mente o seguinte versículo, que me faz refletir sempre sobre nossa verdadeira condição: " Aquele que pensa que sabe alguma coisa, ainda não tem a sabedoria que precisa" I Cor. 8:2...Parabéns pela postagem..Deus continue sempre a acrescentar mais sabedoria em sua vida !

Junior disse...

Paz chará!

Às vezes precisamos ser confrontados para maturarmos na fé.

Sua aula deve ter sido boa mesmo..rsrs

Fraternalmente,
Junior

Marcelo Oliveira disse...

Caro irmão Junior,
A paz do Senhor!

Quantos ainda precisam ter esta aula!
Muito boa para despertar os faltos de entendimentos ou "idiotas na fé"...rs! Muito boa postagem!

Marcelo Oliveira
http://blogdomarcelooliveira.blogspot.com/

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails