quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Às vezes

Às vezes, tenho vontade de gritar para o mundo ouvir que Jesus Cristo é o Senhor. Mas, logo vêm os desbravadores do evangelho-fácil e roubam de mim o fervor.

Às vezes, me surgem alguns pensamentos triunfalistas de que “se Jesus venceu, eu também vencerei”. Porém, logo me vem à mente que Jesus não tinha nem onde reclinar a cabeça – pobre, manso e humilde. Me envergonho.

Às vezes, me angustio com a situação e comportamento da igreja evangélica brasileira. Todavia, alguns bons amigos me fizeram lembrar que Jesus buscará uma Igreja dentro da igreja – como diz a brilhante parábola da colheita (Mt 13.24-30).

Às vezes, perco o sono com meus conflitos interiores, vendo-me impotente para mudar o rumo da igreja. Portanto, me recordo da ilustração do beija-flor, que no afã de apagar o grande incêndio da floresta, jogava água no fogo com seu pequeno bico, como em conta-gotas.

Às vezes, sou chamado de pessimista. Logo, quando sou confrontado com as páginas sagradas, vejo que a tendência é só piorar.

Às vezes, sou tentado a acreditar nos profetas modernos que jogam bênçãos avanço ao povo. Entretanto, olho para os profetas veterotestamentário e vejo quão distante estão os seus respectivos ministérios.

Às vezes, me comparo com àqueles discípulos a caminho de Emaús, onde não conseguiam enxergar o Mestre devido às circunstâncias desfavoráveis que os judeus passavam. Contudo, será que sou eu que não contemplo Jesus, ou Jesus não está sendo encontrado em alguns de nossos templos suntuosos?

Às vezes, olhando para os relatos da Reforma Protestante, penso que poderíamos passar por algo semelhante em nossas igrejas. Porém, devido aos tempos pós-modernos, seria algo humanamente impossível – os “Luteros” estão se corrompendo.

Às vezes, faço minhas orações acreditando que todas elas serão atendidas por Deus. Logo, lembro-me de umas das cartas paulinas endereçadas aos irmãos de Filipos (Fp 4.6,7), onde Ele não promete realizar meus desejos e caprichos, mas sim, a paz em nossos corações.

Às vezes, sinto vontade de vociferar contra as mazelas da liderança eclesiástica. Mas, logo atento para dentro de mim, e contemplo o homem corrupto que habita em mim, com igual ou maior número de mazelas do que os líderes religiosos.

Às vezes, olho para o caos que se encontra nosso sistema religioso, tentando entender “por que isso Senhor?!”, e ouço Deus responder em meu coração: “Eu sou Soberano sobre todas as coisas filho, tudo está patente aos meus olhos, faça a sua parte”. Então, quase sempre saio constrangido, entendendo que a boa mão de Deus, há de nos mostrar a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não serve (Ml 3.18).
Às vezes...

26 comentários:

Juber Donizete Gonçalves disse...

Júnior,

Texto muito atual e pertinente ao presente momento. Talvez a coisa tenha chegado a tal ponto, que uma "reforma" resolva, só uma revolução do evangelho. Parabéns pelo texto.

Abraço,

Juber

Elias Aguiar disse...

Graça e Paz, Junior!

Caminhar silenciosamente com Deus...

Reverter a relação (conforme denunciou o Pr. Juber, em seu blog) que foi invertida, colocando na mente humana a ilusão de uma capacidade de decretar...

Ler Hebreus 11 para além do verso 11... e desejar conquistar, mais que o mundo, a sua alma...

Obrigado por compartilhar essa reflexão, meu Irmão!

Um abraço fraterno,
Elias Aguiar

Anchieta Campos disse...

Caro irmão Júnior, a paz do Senhor!

Muito bom texto. Palavras que nos levam a refletir sobre nossas vidas e sobre a situação do meio evangélico atual. Parabéns. Glória a Deus!

Que possamos sempre nos deixar guiar pela Palavra, pois somente assim não nos surpreenderemos tanto com tantas coisas que vemos em nossos dias e meio.

Mais uma vez parabéns pelo blog, o qual está muito bom e adicionei na lista do meu blog.

Abraços fraternos. Deus o abençoe e use cada vez mais. Amém.

Anchieta Campos

Tharsis Kedsonni disse...

Uma pura reflexão do reino, Júnior.

Esse artigo deveria ir para os anais da blogosfera cristã (risos)

Eu até 'recuso' tecer algum comentário. O próprio texto se define. Muito bom!

Deus te abençoe!

Tharsis Kedsonni
http://kedsonni.blogspot.com

Junior disse...

Caro Juber!

Pensar em reforma (no sentido literal da palavra) é sempre válido em dias atuais. Portanto, é necessário apontar as saídas para este caos. Pois, nossas indignações não devem ficar somente no campo da crítica, mas sim, em atitudes, demonstrando nossa fé com obras.

Sua presença aqui enriquece muito nosso espaço.

Abraços

Junior disse...

Grande Elias!

Realmente precisamos reverter a situação que por nós mesmos foi invertida.
Sua participação, sempre poética, fomenta muito nosso humilde Blog.

Continue sempre com seu Silêncio Rompido.

Abraços

Junior disse...

Prezado Anchieta!

Interessante que os crassos erros de nossas lideranças são sempre pautados por uma interpretação equivocada da Bíblia, onde os mesmos se dizem sempre "inspirados" ou "iluminados" por uma nova revelação. Por isso, sofremos com os modismos esquizofrênicos dos grande "apóstolos" e " semideuses" eclesiais.

Fico muito grato por ter meu Blog adicionado em seu honrado espaço.

Abraços fraternais

Junior disse...

Grande Tharsis!

Fico lisonjeado pelo comentário. Sua presença aqui nos deixa feliz.
Se fôssemos fazer uma relação de publicações anuais da Blogosfera cristã, muitos de seus artigos estariam nesses anais.
Volte sempre e não se recuse a tecer comentários sobre nossos humildes artigos.

Fraternalmente
Junior

Paulo Adriano Rocha disse...

Hello, Jr! Paz de Deus!

Rapaz, estamos vivendo tempos difíceis, mas cada um de nós deve fazer a sua parte. O que seria de nós se Jesus tivesse olhado para os sistemas religioso e político de sua época, olhado para o sofrimento e desistido? Se todos olharmos para as dificuldades, desistiremos todos. Por isso devemos olhar para Jesus e seguir em frente. Fazendo e dando o nosso melhor, buscando agradar a Deus e levar outros à salvação.

Abraços e paz!

José Rinaldo de Santana disse...

Caro Junior, Graça e paz é maravilhoso conhecer esapaço como esse em que encontramos palavras de consolo, para nossa vida espiritual.
Quero informar a vossa pessoa que gostei muito do seu blog pois ele contem comentário de grande importancia, por esta razão resolvi adicionar na lista dos sites que recomendo no meu blog.

Em Cristo
José Rinaldo de Santana

www.rinaldoeapalavra.blogspot.com

Gutierres Siqueira, 19 anos disse...

Junior, a paz!

Parabéns pelo belo texto...Realmente uma reflexão do reino.

Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

Junior disse...

Caro Paulo!

Vc tem toda razão. Façamos a nossa parte. Deus há de intervir.

Paz sobre ti.

Junior disse...

Graça e Paz José Rinaldo!

Fico grato pelas palavras.
Também estarei recomendando seu espaço, que por sinal, é muito bom.

No amor de Cristo
Junior

Junior disse...

Grande Gutierres!

Grato sou por suas palavras motivadoras.
Sua presença e participação neste espaço só enobrece cada vez mais nosso "cantinho".

Paz e Bem sobre ti.

Martins disse...

Junior,
Realmente a igreja evangélica (com minúsculas mesmo) brasileira, está precisando passar por uma séria reforma.
Vejo a cada dia essa instituição se afastar do real intuito do Evangelho puro e simples.
O José Barbosa Junior, inclusive, traz um texto ótimo acerca deste assunto: 95 Teses para a Igreja de Hoje, vale a pena ler.

Abraço fraterno,
Martins

Alice disse...

Junior ,

adorei conhecer esse teu cantinho de palavras tão sábias e bem escritas.... estou add vc aos meus favoritos para poder voltar sempre e alimentar minha alma !

bjus pra vc

Sammis Reachers disse...

É Junior... quantas vezes me vi embrenhado em dilemas semelhantes, sobre se aquele ou aquele outro é ou não de Deus, dado os ensinos anti-bíblicos que levam avante. E alguns parecem prosperar. Tempos trabalhosos vivemos, primícias de um Juízo. Glória a Deus, pois ELE vem!


Aproveitando, a União de Blogueiros Evangélicos está promovendo uma blogagem coletiva, com o tema Missões.
Visite a página da UBE e participe!

Um fraterno abraço do irmão Sammis

Leonardo disse...

Obrigado pela visita no blog, gostei muito deste texto é um sentimento recorrente em meu peito também.
É triste ver o que fazem com a mensagem de Jesus Cristo, estão usando o Seu Santo Nome para benefício próprio em nome de outros deuses.

Deus te abençoe, irmão. Irei adicionar seu blog na minha lista de favoritos.

Grande abraço

Junior disse...

Caro Martins!

Já tive a oportunidade de refletir nestas teses de J.B.Junior. Simplesmente fantásticas.

Deus lhe abençoe. Estarei recomendando seu blog em meu espaço.

Abraços

Junior disse...

Amada Alice!

Fico lisongeado pelas palavras de incentivo.
Estarei recomendando seu blog em nosso humilde espaço.

Fraternalmente
Junior

Junior disse...

É verdade Sammis!

Vivemos tempos difíceis.
Só o Espírito Santo para nos consolar em tempos angustiantes como os nossos.

Paz e Bem

Junior

Junior disse...

Caro Leonardo!

Seu blog tem minha indicação.
Volte sempre que quiser nos brindar com sua presença aqui em nosso espaço.

Fraternalmente
Junior

Marcelo Oliveira disse...

Paz do Senhor! Junior!

Realmente às vezes temos estes tipos de questionamentos ,mas o SENHOR é sabio no momento certo ocorrera a separação do joio do trigo.
Que o SENHOR continue te abençoando!

http://blogdomarcelooliveira.blogspot.com/

Junior disse...

Amado Marcelo!

Aguardamos essa realidade. É a esperança de nossa fé.

Abraços

james disse...

Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor, irmão Junior!

"Às vezes" olhamos para o sistema religioso que se apresenta e vemos um amontoado de "ungidos do Senhor", numa batalha que, ao nosso ver, nunca e jamais será o "bom combate" para o qual nos alistou o Senhor...

Louvado seja o Senhor que nos resgatou e nos elegeu povo Seu, para darmos testemunho da alegria de ser crente, com ou sem riqueza, mas o coração cheio de esperança em Cristo Jesus...

Como sempre tenho alertado, a decepção generalizada que vem ocorrendo no meio cristão protestante, é única e exclusivamente responsabilidade dos homens que estão à frente das 'igrejas', como afirmei no blog do irmão Juber, esta decepção é devido à conduta dos que, na maioria das vezes, estão na direção das ‘igrejas’, conhecem e sabem o que fazer, mas, deixam de seguir o Evangelho de Jesus para se dedicarem à doutrina de suas denominações...

Fraternalmente.
James.
www.jesusmaioramor.blogspot.com

Junior disse...

Grande James!

Concordo contigo meu irmão. Assim como grande parte da culpa por nossa nação está desse jeito é dos políticos, nossas igrejas sofrem pela má liderança.
"Às vezes", tenho vontade de chorar ao ver o corpo ao qual faço parte como membro, doente.

No amor e na esperança que Cristo há de trilhar caminhos melhores para Sua noiva.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails